domingo, março 02, 2008

o lápis

O menino olhava para a avó que se encontrava a escrever uma carta e perguntou:
- Estás a escrever uma história sobre mim?
A avó parou de escrever, sorriu e comentou:
- É verdade, estou a escrever sobre ti. No entanto, mais importante do que as palavras é o lápis que eu estou a usar. Gostaria que fosses como ele...!
O menino olhou para o lápis, intrigado, e não viu nada de especial.
- Mas ele é igual a todos os lápis que eu já vi...
- Tudo depende do modo como tu olhas para as coisas. Há cinco qualidades neste lápis que, se tu conseguires mantê-las, serás sempre uma pessoa em paz com o mundo.Queres saber que cinco qualidades são essas?O menino anuiu, ao que a avó prosseguiu:
- Primeira qualidade: tu podes fazer grandes coisas, mas não deverás esquecer que existe uma mão que guia os teus passos;Segunda qualidade: de vez em quando, eu preciso de parar de escrever e usar o afiador. Isto faz com que o lápis sofra um bocadinho mas, no fim, ele estará mais afiado. Portanto, tenta lidar bem com a dor porque também ela te ajudará a ser uma pessoa melhor;Terceira qualidade: o lápis permite que usemos uma borracha para apagar aquilo que estava errado. Corrigir uma coisa que fizemos não é necessariamente negativo, mas sim importante, porque todos nós aprendemos com os nossos erros.
Quarta qualidade: o que realmente importa no lápis não é a madeira ou a sua forma exterior, mas o carvão que está dentro dele. Por isso, presta sempre muita atenção aos teus sentimentos e à tua intuição.
Finalmente, um lápis deixa sempre uma marca. Da mesma maneira, tudo o farás na vida deixará traços e é muito importante estarmos sempre conscientes de cada acção e suas consequências. Traça o teu caminho com integridade, com amor, com dedicação e nunca, mas nunca deixes de ser tu próprio!"
Autoria: Paulo Coelho

1 comentário:

sonhador disse...

só para lhe deixar um doce beijo.